quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Pico tem andar

Pois, finalmente subi ao cume da ilha: Pico de Sao Tome – 2024m de altitude.

E para la chegar tem andar, tem subir e descer e muito escorregar, mas no fim vale bem a pena. Sao uns meros 12km, que se fizeram bem longos e se extenderam por um dia inteiro de caminhada!

Apesar de nao ter tido muita sorte com o tempo, ja deu para perceber que num dia limpo a vista de la de cima tem que ser absolutamente fabulosa. Da para ver a ilha toda!

E, nao contente com o Pico de Sao Tome, ainda desci ate ao Pico Pequeno, para recolhe amostras de Urze (Erica thomensis). Esta planta esta confinada as zona de maiores altitudes de Sao Tome, nao existindo em nenhum outro lugar do mundo e apesar desta distribuicao tao restrita, nao consta da lista vermelha de especies ameacadas. O meu objectivo foi recolher umas amostras para analise genetica, num estudo de revisao da taxonomia do genero Erica, mas com sorte ainda consigo que a lista vermelha reconheca a vulnerabilidade desta especie!

E depois sao “so” mais 12km de volta...

2 comentários:

Elena disse...

Epa!! y ese CULITO RESPINGÓN...despues de tanto subir y bajar va a estar de rechupete!!!
jejeje............besos desde Portugalia...aqui se te echa de menos.elenutis

Ricardo Lima disse...

vem-me visitar e levo-te la a cima! Prometo que nao ha muitas aranhas por la...
Beijos dos tropicos e espero que tudo esteja a correr bem pela Iberia!