quarta-feira, 8 de abril de 2009

Cha de pe de cao

Ainda preciso beber muito cha de pata de cao, para conseguir acompanhar os assistentes de campo! Mas la me vou safando, com umas bolhas nos pes e umas pausas para recuperar o folego...


Pode parecer uma foto de um simples passeio pelo mato, mas na verdade e mais uma visao do Inferno! Capim a prender os pes, um sol impiedoso e uma plantacao abandonada e muitissimo monotona a prolonger-se por quilometros e quilometros.


Obo – O nome da floresta santomense. Um sitio bem mais simpatico para andar, mesmo apesar da inclinacao do terreno.

Tambem ando a aprender a identificar as especies de arvores, mas nao e facil, principalmente na floresta onde por vezes pouco mais se consegue ver do que o tronco das arvores e os frutos e flores que ja cairam.

E e claro o belo do pe esfolado, no fim de tanto caminhar em bota nova!

4 comentários:

Sandra disse...

Cum catano... grande bolha, nunca te disseram para não fazeres caminhadas longas com botas novas? Parece muito bonito o sitio onde estás, no entanto também deve ser duro viver sem as mordomias a que estavas acostumado, mas tu adaptas-te bem, de certeza que vai ser um sucesso a tua estadia por ai. Boa sorte. Beijinhos Sandrinha

Doxocopa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Doxocopa disse...

Vai em Frente!
Umas dicas para os trópicos (e não só) de um portuga que vive no Sul do Brasil (aqui, a sibéria fica ao lado do trópico):
1 - SEMPRE leve uma muda de roupa seca dentro de uma sacola de plástico bem vedada; especialmente meias, roupa interior e um agasalho (este para se for pego à noite numa montanha com mais de 500m).
2 - calçe DOIS PARES DE PEÚGAS, pelo menos - eu prefiro a exterior - uma delas bem grossa.
3 - procure usar sempre CALÇAS, é incomodo, mas isso lhe poupará muitas picades de dipteros hematofagos e outros visitantes indesejáveis. Parísos como os de "A Lagoa Azul" só existem no cinema!
4 - Se puder, use um facão, catana, etc... isso lhe poupará muitas calorias de esforço inútil.
5 - leve sempre reserva de comida energética (tipo compactada) para um dia pelo menos: bananas passas, frutas secas, doce de leite, rapadura de cana para mascar e... água.

Posto isto, bem que gostaria de conhecer as florestas equatoriais da África... para comparar com as daqui, ao fim de 13 anos já identifico pelo menos umas 60% das árvores e aí devem ser das mesmas familias.
Cumprimentos... e veja se fotografa umas borboletas (dica: pendure umas frutas podres em alguma clareira ou borda de floresta e/ou rio)

Sílvia disse...

Ola Ricardo! foram as botas do exercito Ingles que causaram essa bolha?
hehhe temos que voltar la para pedir reembolso!

Beijinhos e espero que etsjas a gostar muito!

Silvia