segunda-feira, 20 de abril de 2009

Maravilhas de Sao Tome

Pico de Sao Tome, visto do caminho fugido – Durante muitos anos o ponto mais alto do “Imperio”. Pode nao parecer muito imponente, mas acho que a vegetacao disfarca. Sao 2024m a menos de 6km do mar e uns 1500m desde o ponto mais baixo na foto, tirada a 1400m de altitude! O declive e brutal, reparem na quantidade de derrocadas. A inacessibilidade do centro da ilha tem de certeza sido um dos factores essenciais para Sao Tome manter muitas das suas especies. Nao e que haja algum sitio verdadeiramente intacto numa ilha desta dimensao e com o historial de intensa ocupacao humana, mas se nao fosse a orografia acidentada de certeza que restariam muito menos das riquezas naturais de Sao Tome. Ainda nao fui ate la acima, mas a subida esta prometida. Um destes fim-de-semanas, porque e preciso pernoitar, para acabar a subida e descer no segundo dia.

Borboleta nocturna – Um exemplo simpatico daquilo que pode aparecer de manha em cima do autoclismo, quando a luz da casa-de-banho fica acesa (e ha energia). Para perceber o tamanho do bicho, esta pousada num rolo de papel higienico. Entre os exemplos menos simpaticos estao as baratas voadoras que ultimamente decidiram invadir o meu quarto...

Buzio-branco –Nao sei bem se este buzio e mesmo venenoso, mas na zona de Monte Cafe e conhecido por buzio de veneno. A verdade e que aqui ate os bichos venenosos tem o seu encanto. Os meus assistentes ficam um pouco desiludidos sempre que vamos para o campo e nao vemos uma cobra-preta! A maioria dos dias acabamos mesmo por ver, porque elas sao bastante comuns. Felizmente estao bem ensinadas pelos santomenses que lhes cortam a cabeca assim que a veem e normalmente poem-se a milhas antes de nos aproximarmos. Os casos de mordedura de cobra sao raros, embora sejam letais na maioria dos casos. Alem disso as situacoes de mordedura sao bastante rebuscadas, envolvendo subida a arvores, cobras por cima da porta de casa, cortadores de cabeca ou “domadores” de cobras (que, diga-se de passagem, estavam mesmo a pedi-las).


Flor de Cubango (Croton stellulifer) – A flora de Sao Tome e mesmo luxuriante e, com o inicio do trabalho de campo estou a aprender imenso, em especial sobre as arvores. Continuo com dificuldades em associar os troncos a respectiva copa (que aparece muitos metros la em cima, perdida no meio das outras copas todas), mas com o conhecimento e paciencia dos meus assistentes, espero em breve saber identificar uma grande parte das especies. Ou pelo menos comecar a distinguir os troncos das arvores mortas. Acreditem que nem sempre e facil!

Apesar do inconveniente de apanhar uma molha dia sim dia nao tambem tem o seu encanto, mesmo apesar da chuva em altitude ser bem fresquinha. A porcaria do poncho “Quechua” nao serve de muito contra a furiosa pluviosidade santomense, mas agora que ja adquiri uma capa a serio acho que vou apreciar ainda mais as pausas impostas pela chuva (muitas vezes mais correctamente denominados por desabamentos aquosos).


Capital – Apesar dos contratempos de viver longe de tudo, continuo a achar que ver a capital ao longe e uma vantagem. E neste momento, com o inicio do trabalho de campo, estou a planear enfrentar o “forno” apenas duas vezes por semana. Ir as compras, fazer contactos, ver mails e voltar para a Nova Moka, para apanhar uma chuva refrescante!

Hoje a caminho da capital fui mandado parar por um policia. A principio pensei que fosse uma operacao stop, mas na verdade o senhor queria uma boleia e depois ainda me obrigou a suborna-lo. Que nao tinha dinheiro e precisava de 50 contos (2€), depois quando eu precisasse de qualquer coisa podia chama-lo. Ainda por cima devia ser alguem importante dentro da policia. Pelo menos tinha um titulo que nunca mais acabava e ja trabalhava la ha decadas...

Tambem o cambio e uma coisa intrigante. No banco 1 euro vale 21700 dobras, mas na rua pode chegar as 23000. E ainda nao percebi muito bem como fucniona este negocio, mas a julgar pelas hordas de cambistas que se encontram pelas ruas da capital tem que ser um negocio muito rentavel!

8 comentários:

Eduardo Marabuto disse...

mas que grande experiência! enfim não há lugar pa um gajo das borboletas aí? :P
Abraço

PS: Ah, a borboleta é uma Daphnis nerii, uma espécie que ocasionalmente aparece na Europa (mas ainda não está referenciada em Portugal).

tainha babujona disse...

é tudo mto belo...
ricardo suborna-me!tb tou a precisar de dinheiro:P

Sandra disse...

Antes de mais e para inicio de conversa, muitos parabéns e felicidades, espero que o aniversário passado ai seja muito bom, pena não poder estar contigo para te dar um beijinho pessoalmente. Depois, já andas a subornar a autoridade...nem parece teu...bom cuidado então com a cobra preta!! Beijos

Bea disse...

Olá, meu filhote!

Embora já tenha falado contigo, não quero deixar de te dar os parabens, mais uma vez, desejar que tudo te corra muito bem e que sejas muito feliz!

bbbjjsss e abraços!

abelharuco disse...

PARABÉNS Ricardo!!!!!!! =))) um dia cheio de sorrisos para ti! ... e bons subornos a esses sinhores agentes da autoridade !!!! que linda borboleta ... mas do tamanho do rolo de papel higiénico .... yuck!!!! lolol
mais parabéns!!!

Bjinhs
Raquel

Sara disse...

Muitos Parabens Ricardo!!!
Desejos de que continues a encontrar mta bicharada interessante no caminho ;) para nos ires mostrando claro! :D
Força ai com o trabalho de campo e boa sorte.
Bjcs grds
Sara Roda

nenufaar disse...

Ricáááádo PARABÉEEEEENSS!!!!!

Passa um dia muito muito feliz e infinitos outros depois deste! Estive a viajar no teu blog, está muito divertido e com fotos espectaculares, gostei muito da borboleta e do pneu :P (se bem que o pude verificar ao vivo)

Como é que a tua mãe falou contigo? Dá para te ligar? Não tens uma morada para onde te possa escrever cartas a sério? Já pensaste num favor para pedir ao polícia em troca do suborno? O que achas do racismo policial na Áustria?

Quero resposta a esta e muito mais perguntas!

Beijinhos da maluca de sempre
*bar

Máfáda disse...

Ah... fazias anos... PARABÉNS! PARABÉNS! PARABÉNS!!! Jinhus grandes com sabor a leve-leve citadino ;)