quinta-feira, 17 de julho de 2008

Lar, doce lar!!!

Este vai com atraso, mas vai finalmente...
Depois de não muito longo, mas altamente stressante processo já tenho finalmente um buraquinho para meter as minhas tralhas. Fica um bocadinho fora de mão, mas é uma casinha muito jeitosinha. Os meus colegas são mais velhos que eu, trabalhadores (embora um deles também esteja a fazer o doutoramento), vegetarianos e parecem muito simpáticos. Eles foram aliás uma das razões que me levou a escolher o quarto. São eles o Kevin (e a mulher grávida de 7 meses, Janette) e o Ian ( e a namorada, Shona).
Todos os outros quartos que vi eram muito mais pequenos e desconfortáveis. As opções variavam entre casas que iam entrar em obras (e bem precisavam), que estavam cheias de caloiros ou só com rapazes (uma desarrumação de meter medo ao susto), que ficavam do outro lado do rio, cujos outros habitantes me desaconselhavam vivamente a escolher (um grande obrigado pela franqueza), cheiravam mal, estavam cheias de humidade, eram muito frias, etc... Enfim, nenhuma se comparava a esta bela mansão e tenho que me dar por muito contente por esta não ser uma dessas casas em que exigem que fique pelo menos 6 meses – factor limitante!!!



A morada é 241 Willow Lane (Marsh), Lancaster. Já sabem, quando puderem são bem-vindos...





Entretanto para quem estiver em Lisboa, aqui fica uma boa dica com sabor a trópicos:
http://www.lifecooler.com/edicoes/lifecooler/desenvRegArtigo.asp?art=6213&rev=2

2 comentários:

Bea disse...

olá!

que bom ver o teu ninho, só é pena não ampliar para me imaginar como hospede...

Bjjjss

abelharuco disse...

Olá Ricardo =))) já há algum tempo que não dava aqui um pulinho !! muitos PCRs e extracções de RNA !! hihi!!
ainda bem que já tens um "buraquinho" ;))
grandes aventuras !! Fartei-me de rir com as corridas ao parque assim que aparecem uns raiozinhos de sol !!

bjinhs
RC